Home
   


O SENHOR QUER TE PEGAR NO COLO

Rm.8:32

 Quando lemos esse  versículo, entendemos que Paulo quer dizer que, se Deus entregou seu próprio filho para ser sacrificado por nós, será que Ele tornaria esse sacrifício vão, deixando de nos abençoar?  Muito pelo contrário amados! Através deste ato, o Senhor nos tornou também filhos Dele e, como tais, passamos a ser totalmente cuidados, protegidos, por Ele.
Desta forma, temos que confiar que Ele sempre está disposto a nos ajudar quando clamarmos.
Temos que aprender que definitivamente não temos o controle de tudo, por mais que nos programemos para que tudo dê certo, sempre existirão situações que estarão fora do nosso controle e precisamos de Deus para intervir.
E quando nos deparamos com situações adversas tais como enfermidades, crises conjugais, familiares, financeiras, profissionais, espirituais, ministeriais, enfim, qualquer tipo de luta, muitas vezes, em vez de corrermos para o colo do Pai, com faz uma criança, tentamos resolver do nosso jeito, achando que temos o controle da situação. Quando não se conhece a Palavra de Deus, isso é até compreensível. Isso acontecia comigo antes da minha conversão. Até que um dia, diante de um grande problema na minha vida profissional, tive que recorrer ao Senhor e, a partir daí, entreguei minha vida à Ele. Pulei no colo Dele e Ele me ajudou e continua me ajudando. Tive, tenho e terei outras lutas, outros desafios, mas, como está escrito no versículo 37 deste mesmo texto, com Ele, sou mais que vencedor.
Se você é conhecedor da Palavra de Deus, você tem que crer que tem um lugar  seguro para você!: o colo do Pai.
Nós somos filhos, como crianças mesmo aos olhos de Deus, e criança reage assim. Acredito que foi também por esse motivo que Jesus nos deu as crianças como exemplo. (Mateus 18.3).
Adultos analisam o problema e estudam uma forma de solucioná-lo. Crianças procuram o colo do pai em busca de proteção, até que o problema seja resolvido. E por maior que seja o problema, o colo do pai sempre é um lugar que o ameniza.
Queridos, as pessoas que estão ao nosso redor podem até não entender, mas seja qual for o problema, tenhamos a grandeza de correr como criança pedindo colo e proteção ao Pai Celeste. Talvez a dor persista por mais algum tempo, mas certamente nos sentiremos  protegidos, acolhidos e amados. Até que tudo volte ao normal, deixando o amor de Deus nos inundar, vencendo o medo, os temores, depositando nossa total confiança naquele que nos amou primeiro.
Eu sobrevivi, você sobreviverá!!!! Afinal, podemos sobreviver a muitas coisas nessa vida, mas jamais sobreviveremos à ausência do colo do pai. Se nas horas de perigo, desconforto ou dor não formos capazes de correr para Deus, nosso Pai amado, como poderemos suportar os transtornos do dia-a-dia?
Diferente dos amigos e, às vezes, até dos pais terrenos, o Pai do Céu sempre se importa conosco. Ele não dorme e nem se distancia dos seus filhos!
Portanto, venha. O Pai quer te pegar no colo. Se aconchegue nEle. Conte para Ele os seus problemas e deixe-O no controle de tudo.

 

 

Pr. Helio Mariano

Igreja Assembleía de Deus Min. Ubatuba